CAP FORTE. Diretoria do CAP anuncia treinador e finaliza projeto de captação de recursos para a base

Rodrigo Fonseca chega este ano e projeto da base estará em Brasília nos próximos dias

Foto: Agencia Botafogo

rodrigo-fonseca

Rodrigo Fonseca é reconhecido por trabalhar com jogadores jovens


 

Luiz Antônio Costa |Rede Hoje


 

A diretoria do Clube Atlético Patrocinense anunciou a contratação do técnico Rodrigo Fonseca para comandar a equipe na temporada 2019. Os dirigentes estão focados agora no marketing da publicidade e no projeto da Base que está sendo finalizado para encaminhamento a Brasília.

 

O presidente Maurício Cunha disse a Rede Hoje que o plano B de treinador do CAP era Welington Fajardo – que esteve em Patrocínio este ano - e que a negociação com Rodrigo Fonseca foi demorada. Mas, houve o acerto ele já foi anunciado, chegando a Patrocínio breve para começar o trabalho na águia.

 

QUEM É. Rodrigo Fonseca trabalhou principalmente no futebol paulista - Guariba, Sertãozinho, Jaboticabal – no sergipano - Itabaiana e Confiança -, também com boa passagem no Botafogo de Ribeirão Preto, onde atuou na base e no Cruzeiro. Ele é reconhecido por dar força aos jogadores jovens e vai encaixar no projeto do Atlético Patrocinense de formar a base. Do profissional deve orientar quem estiver preparando os futuros jogadores.

 

Nos próximos dias estará na cidade para começar o trabalho de formação do elenco do CAP de 2019, quando o clube vai disputar, mais uma vez, a elite do Campeonato Mineiro e o Campeonato Brasileiro da Série D.

 

mauricio

Maurício Cunha: competência no comando do CAP. Foto: Rede Hoje

 

BASE FORTE. De acordo com o presidente, Maurício Cunha, estão sendo concluídas ações de marketing de patrocínio das camisas e placas no estádio para o profissional, mas o CAP está de olho na estrutura que precisa montar até maio do ano que vem. “Esse é o prazo que temos para levantar as empresas e começar o trabalho de captação dos recursos para formar essa base com garotos de 12 a 20 anos que vão enquadrar dentro deste projeto da Lei de Incentivo ao Esporte”.

 

Ele disse que o departamento jurídico do clube está fazendo algumas adequações no projeto original da base para aprovação no Governo Federal, mas “já estamos buscando as empresas que podem fazer parte desse projeto para arrecadarmos esses recursos”, explicou o presidente. Agora, os diretores trabalham no fechamento de patrocínio das placas e dos uniformes.

 

TRANQUILIDADE. Segundo o dirigente, "nesses três anos que trabalhamos à frente do CAP, não precisamos de recursos da Prefeitura, só a estrutura de campos e vamos continuar assim, independentes", garante. Maurício Cunha diz que a diretoria tem uma visão do que aconteceu e está trabalhando baseando nestes números. Segundo o presidente, o time trabalha muito tranquilo. “Temos que trabalhar com os pés no chão para cumprir os compromissos que vamos assumir daqui para frente. Poucos times tem a condição que temos hoje. Não devemos nada ao município e ao Governo Federal, nem qualquer dívida trabalhista. Hoje estamos com tudo quitado”, concluiu o presidente


onnet-11072018-686x113px