EFEITO TORCIDA. Sem torcedor no PAN, CAP joga apático contra um América que não queria jogo, mas ganhou gol de presente

Uma bobeira do zagueiro Alisson permitiu ao Coelho vencer num estádio Pedro Alves do Nascimento(PAN) melancólico

 capxameric

O volante Alemão do CAP, foi o jogador mais lúcido da Águia, mas o jogo foi muito ruim, especialmente pela ausência do vibrante torcedor grená. Foto:João Zebral|América-MG


Da redação da Rede Hoje


A partida sem público tornou o PAN melancólico. O Clube Atlético Patrocinense fez uma partida equilibrada com o América-MG, mas uma bobeira do zagueiro Alisson no primeiro tempo, permitiu ao Coelho vencer e neste domingo no estádio Pedro Alves do Nascimento(PAN), pela nona rodada do campeonato mineiro.

O América voltou à ponta da competição tirando o Tombense, que venceu a Caldense no sábado. O CAP manteve-se na posição, pois, da parte de baixo da tabela só o Coimbra venceu o Cruzeiro, mas só chegou a sete pontos, longe do time grená.

O JOGO. O América-MG começou controlando o jogo, mas parava na bem postada defesa do CAP. O time grená foi equilibrando as ações, até que deu um presente para o América. Alisson tinha três opções do lado, mas preferiu sair jogando. Tentou fintar Léo Passos que roubou a bola, invadiu a área e tirou de Luiz Miguel e fez o único gol do jogo. Assim terminou o primeiro tempo.

Na segunda etapa, com o volante Alemão sendo o jogador mais lúcido do Patrocinense, o jogo continuou muito ruim, com os goleiros não tento o que fazer. Procurando opções, o técnico Thiago Oliveira fez alterações que melhoraram o CAP que buscar mais o gol de empate. Saiu o volante Léo Costa, entrou o atacante Jayme; tirou o meia Diego Luiz e colocou o atacante Danielzinho e sacou o atacante Giba e colocou Rafael Gladiador em seu lugar.  

A mexidas fizeram o Patrocinense ficar mais fogoso. Sentindo o time grená crescendo, o goleiro Airton começou a simular contusões. O técnico Lisca Doido colocou Lucas, Ademir e Joseph. Destes, só o patrocinense Ademir tentou ir ao ataque, mas agiu isolado na frente e muito marcado. O Coelho apostava em mais erros do CAP e teve trabalho no segundo tempo, porém a defesa suportou bem.

ESTADIO-VAZIO

Estádio Pedro Alves do Nascimento(PAN) em jogo da elite mineira, totalmente vazio: isso nunca aconteceu na longa historia do PAN. 

SEM TORCIDA. Final do jogo, apesar dos dois treinadores terem visto um bom jogo, não foi o que aconteceu. A falta de público no estádio, por decisão da FMF – por causa do Coronavírus sem dúvida nenhuma prejudicou demais o espetáculo, pois a torcida é vibrante e empurra o time, que jogo com mais motivação, ao contrário do que aconteceu, principalmente no primeiro tempo. Estádio Pedro Alves do Nascimento em jogo da elite mineira, totalmente vazia: isso nunca aconteceu na longa historia do PAN.

 

paulo-reneLESÃO. Quase no fim do jogo, o artilheiro Paulo Renê foi lançado e na corrida sentiu uma fiscada na pena e continuou no jogo porque já havia acontecido as substituições, mas preocupa e será avaliado pelo departamento médico do CAP nesta segunda-feira. 

 

O artilheiro Paulo Renê foi lançado e na corrida sentiu uma fiscada na pena, no final do jogo.

 

Final: Clube Atlético Patrocinense 0, América MG 1(caiu do céu). Com o resultado América-MG se mantém invicto, chega a 21 pontos e lidera o Campeonato Mineiro isolado. O Patrocinense permanece em sexto lugar, com 12 pontos ganhos.

Na 10ª rodada do Mineiro, o Patrocinense vai receber o Boa Esporte no Pedro Alves do Nascimento e o América-MG joga contra o Atlético-MG. Os jogos não tem data nem horário confirmados. A Federação Mineira de Futebol (FMF) confirmou, ainda neste domingo, a paralisação do estadual por causa da pandemia do coronavírus.

Ficha de jogo

PATROCINENSE: Luiz Miguel; Marcelo, Alisson, Gregory e Pedro Rosa;Léo Costa(Jaime), Alemão, Diego Luis(Danielzinho) e Giba(Rafael Gladiador); Rodney e Paulo Renê. Técnico: Thiago Oliveira.

AMÉRICA; Airton; Rickson, Lucas Kal, Eduardo Bauermann e Sávio; Flávio, Juninho, Felipe Augusto(Ademir); Léo Passos(Lucas Luan), Rodolfo e Alê(Joseph). Técnico: Lisca Doido.

Arbitragem: Antônio Teixeira Silava(fraco); Pablo Almeida Costa(não comprometeu) e Leonardo Henrique Pereira(fraco).

Cartões amarelos: Marcelo(Patrocinense); Eduardo Bauermann, Felipe Augusto, Flávio e Léo Passos(América).

RESULTADOS DA NONA RODADA:

resultados-9

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO:

classifica-9

  


 

ONNET-686x113px-23012020